Evento

Agricultura Lusitana no MUDE

22/04/2017 - 16:00 — 02/07/2017 - 20:00

Palácio dos Condes da Calheta, Jardim-Museu Agrícola Tropical (Belém), Lisboa

Exposição "Novo Mundo- visões através da bienal iberoamericana de diseño. 2008-2016", no âmbito do programa Lisboa a Capital Iberoamericana de Cultura 2017.

Algumas das peças criadas para a exposiçao Agricultura Lusitana, no âmbito do projeto-trilogia Craft+Design+Identidade das Aldeias do Xisto, sob orientaçao criativa do designer João Nunes, foram seleciondas para estarem presentes no MUDE- Museu do Design e da Moda, no âmbito do programa Lisboa a Capital Iberoamericana de Cultura 2017, que inaugura na capital a 22 de abril e se mantém até 2 de julho. 

As peças são:

  • Ladrilhos Contemplativos, de Miguel Neto e Mafalda Fidalgo
  • Pedra Sobre Pedra, de Joana Silva Moreira, Hugo Cardoso, Prof. Arq. João Cruz (ESAD - Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos)
  • Lato: Castanha Portuguesa, de Cátia Lima, Filipe Pereira, Jorge Lopes, Mariana Sarabando, Neuza Fonte, Rafael Oliveira, Tatiana Amarante (UA- Universidade de Aveiro)

Pedra sobre Pedra, da ESAD, foi uma das peças escolhidas.

O MUDE vai organizar, em parceria com a BID- Bienal Iberoamericana de Diseño, uma exposição que apresenta em Lisboa uma seleção representativa da política e ação da BID desde a primeira edição, em 2008, até esta última edição de 2016. Esta será uma ação do MUDE Fora de Portas, que estará patente no Palácio dos Condes da Calheta, em Belém.

Recordamos que a exposição Agricultura Lusitana esteve precisamente na última edição do BID, onde foi distinguida com duas menções honrosas: “Mención Diseño y Empreendimento” e “Mención Diseño de Servicios Telefonica I+D”.

O design como agente tranformador da sociedade e do homem

A exposição coloca sob foco o design como agente transfromador da sociedade e do homem, valorizando o pensamento, o projeto e a responsabilidade ética do design. 

De acordo com a diretora da exposição, Bárbara Coutinho, "queremos evidenciar o design que tem vindo a estimular a real partilha de informação e conhecimento, o intercâmbio intergeracional, a coesão social, a inclusão e o multiculturalismo, contribuindo para o desenvolvimento humano e social, ao mesmo tempo que testemunham a universalidade da linguagem e do design."

Exatamente o que a exposiçao Agricultura Lusitana se propôs, reinventando a cultura dos lugares com as pessoas que neles habitam, criando valor social e económico no território das Aldeias do Xisto. É sobre a nossa identidade que estamos a experimentar convocando a criatividade e o conhecimento. Afirmamos este território como um laboratório vivo, aberto a novos pensamentos e povoadores capazes de criar núcleos de transformação do tecido social que originem novas formas de fazer, estar e ser.

Um linha de atuação sublinhada pelo orientador criativo dos projetos Craft-Design+Identidade, João Nunes: 'Trabalho de forma resiliente, para o médio e longo prazo. Numa perspetiva pedagógica, procuro fazer perceber as vantagens do investimento em design, criando soluções para problemas concretos, mas também identificando oportunidades para criar valor baseadas na identidade e culturas locais, tendo em conta uma ética de responsabilidade social, numa trajetória estratégica que visa fazer com que as coisas realmente aconteçam.'

 

 

Contactos e Informações

Localização:
15 Rua General João de Almeida
1300-322 Lisboa 
Lat.: 38° 42' 5.4" N
Long.: 9° 12' 7.38" W

Contactos

ADXTUR- Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto

Casa Grande
6230 Barroca, Fundão 
Portugal
(+351) 275 647 700 (+351) 960 101 873

O que outros já partilharam

0 comentários

Sugestões

Aqui perto

Relacionados

Páginas