Entidade Associado

Restaurante Museu da Chanfana

O Restaurante Museu da Chanfana é uma merecida homenagem à gastronomia tradicional assente na carne de cabra velha, de porco e ainda na caça e pesca.

A gastronomia é testemunho imaterial da história socioeconómica da região potenciando a imagem de Miranda do Corvo como Capital e Berço da Chanfana.

No Parque Biológico da Serra da Lousã poderemos reunir todas as etapas do Ciclo da Cabra, desde o seu nascimento até ao seu aproveitamento gastronómico, associados a um espaço envolvente onde predomina o verde e encontramos os animais em pasto.

O Museu da Chanfana aparece associado a um conjunto de factos históricos, práticas ancestrais e artes e ofícios artesanais. O aproveitamento integral da cabra reflecte a pobreza, ruralidade e a pastorícia da região.

Pratos como a Chanfana, Negalhos e Sopa de Casamento confeccionados seguindo a receita genuína e os métodos mais tradicionais, são algumas das experiências gustativas disponíveis.

No Restaurante, museu vivo da gastronomia regional, é dada grande importância aos pratos tradicionais de carne porco como o sarrabulho, o bucho e os enchidos.

A Real Confraria da Cabra Velha e a Real Confraria da Matança do Porco são parceiras do Restaurante Museu da Chanfana.

Aliada à gastronomia tradicional, surge a importância de uma cozinha contemporânea que privilegia a qualidade e o requinte do serviço e de uma ementa diversificada para paladares exigentes.

 

 

Contactos e Informações

Localização:
3220-154 MIRANDA DO CORVO
Lat.: 40° 5' 24.72" N
Long.: 8° 19' 46.704" W

Telefone: (+351) 239 538 445 (+351) 915 361 527
E-mail: museudachanfana@adfp.pt
Website Facebook
Horários: 

12h30 - 15h00
19h30 - 22h00
Aberto todos os dias, incluindo fins-de-semana e feriados (exceto 24/12).

Preços: 

10.00€ a 25.00€

Serviços: 

Especialidades: Entradas: Tosta de queijo do Rabaçal em fio de mel quente; Gambas em fusão de azeite e alho; Enchidos da região na grelha. Peixe: Lombo de bacalhau em crosta de broa de milho; Bacalhau lascado com batatinhas assadas no sal e azeite de alho; Misto de lulas e camarão tigre na grelha; Espadarte em cebola crocante; Polvo na grelha com batatinhas em camisa (ensopadas de azeite e alho); Robalinho na brasa com migas. Vegetarianos: Crepe crocante com recheio de legumes; Massinhas salteadas em azeite e alho com legumes estofados. Carne: Mimos de javali corados no fio de azeite com aromas de Sicó; Costeletas de veado na grelha com migas; Plumas de porco preto na grelha; Tranche de novilho lacado em manteiga de alho; Supremo de pato corado com molho cinco pimentas; Naco de novilho na grelha com cebolinhas lacadas em mel; Cabrito no forno e o seu aroma da serra (com batatas assadas no seu molho); Churrasco da Quinta (carne de javali, pato, novilho e porco preto). Doces: Suspiro da Quinta com fio de mel Barriga de Freira ; Arroz doce; Leite-creme queimado; Pudim com jeropiga; Queijo Rabaçal com doce de abóbora.