Artigo

Plangaio

Antigamente era servido apenas como acompanhamento para enriquecer o cozido ou as típicas couves de carne.

É um produto semelhante ao maranho e ao bucho que inclui na sua confeção farinha de centeio e ossos de porco cortados aos pedaços, colocados dentro do bucho do porco. Depois do enchido estar preparado é colocado em fumeiro, o que lhe permite adquirir um sabor característico. Geralmente é cozido para acompanhamento de diversos pratos.
O plangaio têm de diferente o facto de incluir ossos do espinhaço do porco.

Ingredientes: Arroz, ossos da suã, febras de porco, alho, colorau, cominhos, hortelã, sal, sangue líquido, salsa, vinho.

No dia da matança do porco lavam-se e raspam-se muito bem a bexiga e a tripa grossa do porco e cortam-se e temperam-se os ossos da suã e as febras com sal, o alho pisado, o vinho, o colorau, o sangue e os cominhos, ficando assim de um dia para o outro. Depois junta-se às carnes o arroz e a hortelã picada. Enche-se bexiga e/ou a tripa grossa do porco, não completamente porque o arroz cresce. Coze-se a abertura com agulha e linha. Vai a cozer numa panela com água a ferver, cerca de hora e meia.

Receita obtida junto da Sra. D. Benvinda Barateiro Lourenço da Silva – Foz do Cobrão.

 

Sugestões relacionadas com este artigo

Artigo
Ler Artigo Adicionar ao Roteiro

Maranho

É um enchido fresco, confecionado com recurso ao bucho da cabra ou da ovelha, que é recheado com carne de caprino ou ovino, alguns produtos do fumeiro, arroz e uma quantidade apreciável de ervas aromáticas, sobretudo hortelã.

O que outros já partilharam

0 comentários